terça-feira, março 10, 2009

POEMA DAS PALAVRAS

Queria que as palavras se esgotassem
Que perdessem o seu significado,
Que jamais as palavras falassem
Para mostrar este tom amargurado…

Queria que com palavras amassem.
E que cada palavra fosse este meu fado
E pelo fado sim, as pessoas falassem,
Para dizer como é importante ser amado…

Como é importante ser amado para viver
E com palavras amadas fazer esquecer
Quanto é triste estar só no leito da morte…

Importantes são as palavras no momento
Em que só o agora conta no tormento
Que gere este infortúnio de má sorte…

10.03.09

Etiquetas:

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Que nunca esgote as palavras.

Visite o meu blog e veja se reconhece as do último post que publiquei.. :)

Foi ontem a apresentação! Adoraram o final com o seu poema com a música de fundo de Thomas Newman - April e o quadro de van Gogh 'a noite estrelada' como tela.

Vou enviar-lhe o powerpoint por mail :)

2:14 da tarde  
Blogger Kafka said...

Chega sempre o dia que os nossos exorcismos da alma terminam.
Até isso acontecer, as palavras são o conforto que nos comanda.
Mas a felicidade pode estar nas palavras, nos sentimentos, na alma, nos outros, amizades ou paixões, no que olhamos e não vemos ou, simplesmente, em pequenos gestos e atenções.
Um beijinho

1:23 da manhã  
Blogger Poeta Đa Lua said...

por acaso, és noni?
até...

2:07 da tarde  
Blogger Poeta Đa Lua said...

hum, trocou a imagem dos galhos secos por esta, é você quem desenhou?
até...

2:10 da tarde  
Blogger joaninha said...

sete sóis sete luas,
Muito obrigada pelas gentis palavras. O seu trabalho está magnifico. Parabéns. Creio ter merecido uma boa classificação, se era para ser classificado. O poema nem está nada de especial, mas agradeço o que diz sobre ele. Até sempre com um beijinho cheio de amizade

6:59 da tarde  
Blogger joaninha said...

A Kafka
Muito obrigada pela visita e pelas palavras proferidas em alusão ao texto. Penso que os meus exorcismos da alma só vão acabar quando eu também acabar… Espero continuar a encontrar-te por aqui. Beijinhos

7:08 da tarde  
Blogger joaninha said...

Ao Poeta da Lua

Obrigada pela visita.
Podes explicar-me o que significa noni? Ou em que idioma te expressaste…
Ao segundo comentário, apenas acrescento que o desenho é feito por mim, mas a árvore é diferente e foi desenhado em épocas diferente da que fotografei “os galhos” secos…

até...

7:15 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter