sexta-feira, janeiro 11, 2008

ENQUANTO ANOITECE


Anoitece lá fora
E também na minha alma
Onde só a tristeza mora…
Vive só e desolada
A tristeza da minha alma,
Pobre alma apaixonada
Por quem já se foi embora…
Anoitece pelo monte
Onde as sombras se agigantam
E sendo lá a minha fonte,
É lá que meus suspiros cantam,
É lá que os meus suspiros choram…
Vagueando pelo monte,
Chorando por quem adoram…


11.01.08

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger -pirata-vermelho- said...

Numa reviravolta da vida
Anoitece agora lá fora
E também na minha alma
Onde nem só o silêncio mora…
Vivo só e animada
Pela luz da minha alma,
Uma alma apaixonada
Que já daqui se foi embora…
E desassombrada pelo monte
Onde se adivinham agora,
Que sendo lá a minha fonte,
É por lá que os meus suspiros rondam,
E é lá que os meus desejos sondam…
Vagueando pelo monte,
Procurando quem lá m'encontre…

10:47 da tarde  
Blogger joaninha said...

So schön!
Danke gute!
Pirata...

11:25 da tarde  
Blogger JoAnInHa said...

Está lindo o texto e a imagem tambem, tens imenso jeito! Gostei muito de a "conhecer", é muito simpatica!!! Beijos

11:46 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter