segunda-feira, janeiro 07, 2008

SIGO A MORTE


Assustada, dentro do descontentamento,
Como que envolta num véu delicado,
Imagino o longínquo e fugaz momento,
E aquele, o instante actual… mas passado

Passou uma perpetuidade misteriosa…
Repleta de profundas dores e do amargo da incerteza
Para além dos desgostos que foram deslizando,
Como espuma à beira-mar, por entre as mãos
Mãos gastas de limpar infindos prantos…
E a dúvida, sempre a dúvida, odiosa
Fazendo brotar toda esta tristeza.
Tristeza sem tamanho. E até quando?...

As nossas tristezas, reais ou aparentes, mas tristezas…
Ressurgem de cada silêncio e de cada longínquo espaço
Onde nunca chegam as indescritíveis ternuras…
Onde nunca se vão imaginar momentos inconfessáveis…
Onde apenas sobrevive o querer saber mais
Onde se procura e onde o desconhecido são as belezas
Das telas que pinto, sem as imagens que desfaço
Com as lágrimas de todas as tuas loucuras,
Dos orgulhos, das raivas e desesperos incontornáveis…
Das dores que me fustigam, como vendavais…

E num amor que escrevi como um hino, como melodia,
Deixo embalar e enterneço todo o meu ser
Deixo que transcenda esta irrealidade ilusória
Deixo que todas as noites sejam aquele dia
E em que todas as flores desabrochem, para eu ver,
Antes de partir, seguindo a morte, depois da vida inglória…


07.01.08

Etiquetas:

4 Comments:

Blogger Fausta Paixão said...

Ai Joaninha, que tristeza que por aqui vai.
Olha que a vida são mesmo só dois dias.. aproveita-os!

10:51 da tarde  
Blogger joaninha said...

Fausta!
É mesmo? Mas isso é um susto... só sobra um? É que um estafermo me roubou um... o que posso fazer só com um e no meio de um ouriço?...
Espero que o ladrão se pique...

12:20 da tarde  
Blogger Leonor C.. said...

"Deixo que todas as noites sejam aquele dia
E em que todas as flores desabrochem, para eu ver" - Quem me dera vê-las também e saber que desabrocaram para mim, porque eu existo, porque os meus sonhos não foram em vão. Quando? ???

Beijinhos, amiga

HOJE E AMANHÃ

9:12 da manhã  
Blogger JoAnInHa said...

Muito obrigado pelo teu comentario, por acaso nunca tinha vindo ao teu blog nem sei komo me encontraste lol, mas adorei o teu blog e escreves muito bem!!!
Beijosss =)

8:32 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter