sexta-feira, dezembro 21, 2007

GAIVOTA


E tu vieste gaivota cinzenta
Em voos circulares, estruturados
Primeiro veloz, depois muito lenta,
Vieste gaivota, em voos estudados…

Elegante e vistosa de cor pardacenta
Gaivota dos momentos sonhados
Umas vezes doce, outras violenta,
Foste gaivota, meus sonhos projectados

A tua liberdade gaivota, quase divina
A paz nessa viagem constante e peregrina
Foste sempre o exemplo que quis…

E nesse voar, qual baile elegante
Espreitando, arguta, a maré vazante,
Deixaste-me a sonhar que eras feliz…

21.12.07

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger Leonor C.. said...

Quase consigo ver a gaivota bailando ao som dessa música!Talvez ela seja feliz. Gaivotanão tem limites!

Um beijinho grande.

6:37 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter