terça-feira, dezembro 18, 2007

POR TE AMAR!

Tudo porque te amo hoje

Reinventei a palavra
O gesto e todo o sentir
O sentir moribundo
Diluído no elixir da morte…
No peito teu nome se encrava
E no débil deglutir
Despeço-me do mundo.
Bendizendo minha sorte…


Reinventei-te pleno de beleza
Dei-te o nome que quis
E assim te amei…
E assim te amo!
Esqueci a tristeza
E gritei: “Sou feliz!”
Porque só a ti me dei,
Só por ti chamo…

Que se vertam os licores
Que se molhem os lábios
Nas tuas mãos, que seja melodia
A mais bela sinfonia,
O hino a todos os amores
E que os teus dizeres, sábios,
Sejam para me amar…
Para atenuar a minha agonia…

Tudo porque te amei ontem…


18.12.07

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger Nilson Barcelli said...

Tu sabes reinventar a palavra, e de que maneira... isto é, escreves muitíssimo bem.
Este poema é muito bom, gostei.
Boas Festas, beijinhos

PS: também coloquei o teu link

12:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

olá joaninha!
sou eu novamente
mto tempo q n venho aki
mto tempo mesmo
continue escrevendo moça!!!
continue escrevendo!!!

shalom!!!

1:15 da tarde  
Blogger Leonor C.. said...

Na contínua reinvenção da palavra tentamos expressar os nossos sentimentos e tudo "porque te amei ontem..".

Eu vou fazendo o mesmo aqui:

HOJE E AMANHÃ
Beijinhos!

9:06 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter