domingo, janeiro 31, 2010

POEMA DO ESQUECIMENTO


Escondi todas as folhas de papel onde escrevia
Esqueci aquelas palavras no pensamento
Fingi que meu amor apenas fora fantasia
E sem memória, fui feliz por um momento…

Todos aqueles dizeres apenas tinham magia
De fazer esquecer o meu sofrimento
E agora que é passado tudo o que te dizia
Cada palavra que brota de meus lábios é lamento…

Todos os momentos contigo já lá vão
Crê que foste a minha doce paixão
Mas o tempo levou-te com a minha poesia

Foste talvez o sonho que eu construi,
Que me fez feliz e com me iludi.
Tu não foste senão o sonho com que me iludia…

31.01.10

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger Paula Raposo said...

Ainda assim os sonhos são lindos!
Beijos.

11:37 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home


Free Hit Counter