terça-feira, dezembro 30, 2008

IMAGINAÇÃO


De granito, musgos, cinzas e ideias,
Numa alta montanha de dores,
Construí o meu castelo sem ameias
Para lá guardar os meus amores

Cobri os jardins de doiradas areias.
Deixei por lá uns moanas faladores
Gentes livres, sem amarras ou correias
Fazendo coro, com pássaros palradores…

Plantei e cresceram micaias aqui e além
Para com os fortes espinhos me picar
E me ferirem sem respeito e com desdém…

No lago, meti uns peixes sapo a nadar.
São reis, mas não servem a ninguém…
São seres do meu castelo a sonhar…


10.11.88

Etiquetas:

4 Comments:

Blogger jorgeferrorosa said...

À Joaninha:
Que Imaginação! Muito pastoril, uma natureza agradável, mas só falta tirar dai algumas coisas.
Grato pelo comment. Pois, sou essa rosa, tenho o meu perfume, a minha cor, também os espinhos e os encantos e desencantos. De igual modo desejo um Feliz ano de 2009.
Beijinho
Jorge Ferro Rosa

10:36 da tarde  
Blogger - Moisés Correia - said...

"A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma bênção de Deus".

" UM FELIZ ANO DE 2009 "

11:55 da tarde  
Blogger ghost particle said...

Dear JOana,

wishing a beautiful New Year.

May you celebrate this new coming, new dawn with family and friends and remember a challenging 2008 that you came out as a survivor.

You have been a kind friend to me, wish we know each other for eternity.

Hugs.

4:11 da manhã  
Blogger Maria Clarinda said...

Lindo este teu poema...palavras?
Desejar-te Paz, Ternra e Amor!
Foi para mim, lindo conhecer-te!!!E a magia imperou no nosso encontro.
Jinhos no teu coração!

10:05 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter