quarta-feira, setembro 30, 2009

PONTES QUE FORAM PRETEXTO


Com palavras criei canções

Descrevi estradas a construir

Das letras das palavras inventei emoções

E ajudei a construir as pontes do advir…


Pontes são aproximação com separações

Elo de ligação para quem há-de vir

Palavras que belas ou palavrões

Rasgam meus projectos de sentir…


Rios cruzados por pontes

Razões, discórdias que brotam como fontes

Não passam de pretexto para a separação…


As pontes que não cruzei e descrevi

Têm a marca da dor que sofri

Por não serem senão pretexto para a separação…



26.09.09

V.F.Xira

Etiquetas:

6 Comments:

Blogger LUA DE LOBOS said...

fico completamente sem palavras ao pressentir o que te vai na alma.
Ontem tentei o dia tod falar contigo mas nada... ou ninguém respondia ao telefone ou dava sinal de desligado...
hoje vou começar a ligar a partir das 10 horas.
jokas

6:44 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

Quero acreditar que as pontes são mais um elo de aproximação entre nós. Muitos beijos para ti!

1:54 da tarde  
Blogger Jacarée e Baby said...

Com palavras rabiscamos a nossa alma.
Com as pontes edificamos nossa amizade
Criamos laço
Criamos momentos mágicos
Quantas alegrias...
Quantas tristeza... há nesta vida.
Amor, cantar e sofrer...
Beijinhos, fica bem.

4:50 da tarde  
Blogger vieira calado said...

Ah!

Tudo se consegue com as palavras...

É esse o ofício dos poetas...

Cumprimentos meus

9:17 da tarde  
Blogger Maria Clarinda said...

ADORO-TE AMIGA!!!!!!
JHS no teu coração

6:30 da tarde  
Blogger jorgeferrorosa said...

Lindo, mesmo belo. Sem palavras. Quero agradecer todos os comentários feitos, não mereço tantas considerações tão elevadas. Obrigado de coração. Desejo as melhoras e que os escritos possam sempre traduzir esses estados de alma. Obrigado pelas conversas lindas. Deixo um beijinho do tamanho do pensamento.
JOrge Rosa

9:51 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter