sábado, setembro 26, 2009

O CANTO DA PASSARADA

Ouvi os pássaros cantarolar

Ouvi-os num hino sentimental

Cantam uma melodia de encantar

Parecem uma orquestra monumental…


Chilreiam os pássaros no seu falar

Dão-nos sons que não têm igual

E nas suas cantigas ensinam a amar

Quer seja a cotovia, o melro ou o pardal…


A coruja à luz da lua lança um piar

Que chama a nossa alma até arrepiar

São os sons da noite, meu doce amor


O canto dos pássaros é comovente

Umas vezes é triste, outras contente

O cantar dos pássaros tira-me esta dor…



16.09.09 - 21H00

Hosp. Stª Maria

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger Leonor C.. said...

Minha querida amiga, como é bom tê-la de volta!

Beijinhos

6:45 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Minha querida!! Daqui do sul te desejo o melhor e te digo que o teu poema é lindo!
Estou contigo...muitos beijos.

1:17 da tarde  
Blogger Maria Clarinda said...

Maravilha de poema mais uma vez!!!Como começo a ler o ultimo que escreveste chego a estes e já as palavras deixaram...de ter o significado que queria.
Breve te direi pessoalmente!
Jinhos mil no teu coração lindo!

11:45 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter