domingo, agosto 26, 2007

SORRISOS!


Meus olhos esboçam um sorriso de ternura
Olhos que abraçam o longínquo azul do mar
E que acariciam as gaivotas com brandura
E na boca, resta um sussurro de te amar…

Nos lábios desenho um sorriso de loucura
Encubro toda a tristeza que me está a dominar
Ao ser ignorada e rejeitada toda a doçura.
Este sorriso é a tristeza que não posso mostrar…

Neste meu sorriso há uma galeria de pinturas
Natureza morta, abstractos e algumas gravuras…
São traços incertos de um amor ignorado…

Meus lábios e meus olhos mostram sorrisos
Como fantasmas que fazem ressoar guizos
Para afugentar aquele meu amor inventado…



26.08.07

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger jorgeferrorosa said...

Sorrisos em formas de esculpir um amor. Parece que isso anda muito mal or ai Joaninha. Que tristeza essa? As loucuras de quem sente... e pior é quando nos ignoram, quando somos rejeitados, sei o que é isso. Já passei por tudo isso, a sorte é que já passei essa fase. A vida continua e não é necessário inventar um amor, mas sim, ter um amor real, um amor verdadeiro e não inventado. Surgem outras páginas e outros escritos. Este post está muito profundo, muito lindo.
PArabéns e um beijinho da Alma

2:00 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home


Free Hit Counter